Saiba porque o leite materno não causa cárie dentária, por Dr. João Bexiga

Dr. João Bexiga
Dr. João Bexiga
Médico Dentista, exerce clínica privada com prática exclusiva em Periodontologia e Cirurgia de Implantes Dentários, com especial interesse nos procedimentos cirúrgicos regenerativos periodontais e ósseos.
Diretor Clínico da Clínica de Medicina Oral Direclin

Saiba porque o leite materno não causa cárie dentária

A internet, atualmente, está repleta de informação incorreta e muitas mães devem sabê-lo. Um mito que é muito divulgado diz que o leite materno causa cárie dentária. No entanto, profissionais da odontopediatria, desmentem essa afirmação e dão razões científicas que comprovam o contrário.

Conheça as razões pelas quais deve continuar a amamentar a sua criança, sem se preocupar com a formação da cárie dentária desta origem.


Razões que comprovam que o leite materno não causa cárie dentária


A Organização das Nações Unidas (ONU) aconselha que a criança seja amamentada até aos 24 meses, no mínimo. Outras organizações competentes comprovam a afirmação e acrescentam que, até aos 6 meses de idade, a criança pode e deve ser amamentada sem problema, mas não deve ser alimentada de outra forma, com outros alimentos.

O leite materno é constituído por diversos componentes que são benéficos para o sistema imunológico da criança. Alguns desses componentes são responsáveis pela formação de anticorpos e outros, como a proteína lactoferrina e a enzima lizosima, pelo controlo do crescimento de microrganismos na região bucal.

A cárie dentária é causada por esses microrganismos que vão colonizado a boca da criança. Esses têm a capacidade de produção de ácidos, usados para fazer a erosão do esmalte e, com o tempo, dos dentes. Portanto, através da amamentação, a criança estará a receber o que é necessário para diminuir essas bactérias e, consequentemente, a sua atuação nos dentes.

Existem, ainda, estudos que comprovam a passagem de outras substâncias benéficas para os dentes da criança, como o cálcio. O cálcio é uma substância que terá como função o fortalecimento dos dentes da criança. Desta forma, a cárie dentária será menos provável.

O leite materno é o melhor alimento para os primeiros meses/anos de vida da criança. Este evita a cárie dentária, como foi visto, mas também tem outros benefícios, segundo o ramo dentário da Odontopediatria.


Outras razões para amamentar, segundo a Odontopediatria


Além de evitar a cárie dentária, a amamentação permite o desenvolvimento da musculatura da criança. O bebé, para se alimentar, faz um grande esforço, sendo que usa os músculos que são responsáveis por sugar, engolir e, mais importante e muito benéfico, respirar. Todo este exercício, a longo tempo, traz benefícios a nível da mandíbula e da respiração.

Os anticorpos libertados são, também estes, uma excelente forma de proteger a saúde da criança, não apenas a nível de cárie dentária, mas a nível de saúde geral. Desta forma será possível diminuir as constipações e outros problemas infantis comuns.

Outro estudo indica que o QI, ou quociente de inteligência, das crianças amamentadas permite um melhor desempenho das mesmas.


No entanto, mesmo com todos os benefícios expostos, muitas mães preferem usar as tradicionais chupetas ou os biberons. Estes objetos têm os seus benefícios, segundo a Odontopediatria, mas não substituem os benefícios da amamentação. Como teve a oportunidade de ver, os benefícios da amamentação são muito superiores e vão além da zona bucal.


Amamente o seu filho e a sua saúde.



 #AmamentarEnquantoOsDoisQuiserem


Comentários

Posts mais lidos