Sol, sombras, papel e lápis

Normalmente, em dias de Sol, nós gostamos de ir a um parque infantil, brincar na praia, correr no parque. Mas, quando um dos pequenos está com febre, e estou sozinha com eles, essa opção não se coloca.

Por isso, qualquer ideia para os entreter é como um copo de água no deserto: desde bolas de sabão, construções de legos, brincar à apanhada e às escondidas...

Inspirada nesta ideia, que há dias partilhei na página de Facebook do blog, decidi experimentar com o Miguel.
Habitualmente, ele não gosta de desenhar. Tudo o que implique um lápis e papel, para ele, é coisa que dura dois minutos e, depois, já está cheio e farto.
Por isso, não achei que ele fosse aguentar muito tempo, nem achar muita graça. Ainda assim, e como o enclausuramento tem sido prolongado, decidi experimentar com coisas que ele gosta: veículos.


E, depois, avancei para coisas que ele adora: veículos da Patrulha Pata ;)


Foi um sucesso!
Não só fez o primeiro, como continuou a pedir mais veículos, a decorá-los e ainda deu azo a que continuássemos a colorir, quando viemos para dentro...

Mais uma vez se prova que, com o incentivo certo, as crianças são capazes de se empenhar em tudo ;)

E, assim, ficamos com mais uma atividade, simples de fazer, para os dias que temos de estar em casa. Ou em qualquer sítio com sol, sombras, papel e lápis ;)

Comentários

Posts mais lidos