Esplanadar ;)

Bom tempo, boa companhia e um bom livro :)

"Uma das características da linguagem positiva é que ela é clara, específica e concreta, provocando pró-atividade: naqueles que a usam e naqueles a quem os que usam se dirigem.

Exemplo 1
Quando dizemos ao nosso Filho de 2 anos:
"Não toques no aquecedor porque está quente", é importante que lhe possamos dar uma opção logo a seguir:
"Anda para junto de mim ajudar-me a guardar estas caixas, por favor. "

Como já sabe, o não é redutor e não cria possibilidades para que o nosso Manuel não volte, logo a seguir, para junto do aquecedor.

E se mesmo assim a criança não sair de lá ou se disser que não quer? O que fazer?
Deve simplesmente aproximar-se dela e tirá-la de lá. Neste caso concreto, estamos a falar da questão da segurança e a segurança é dos poucos temas que não são negociáveis. É possível que a criança manifeste o seu desagrado, o que é perfeitamente natural. A única coisa que tem de fazer é aceitar que faz parte e a seguir deverá direcioná-lo para uma outra atividade."

in "Crianças Felizes", de Magda Gomes Dias

Comentários

Posts mais lidos