Dúvida Existencial

O Miguel tem um peluche de estimação! É o Ó-ó dele. O ursinho, companheiro, amigo, que o acompanha nos momentos mais difíceis, que lhe dá conforto quando tudo o resto falha! É precioso!

Ele muitos outros peluches semelhantes, mas aquele é especial!

Só que o urso não é certo e tem uma tendência estranha para desaparecer! Para nosso pânico, já o perdemos várias vezes! Para nosso alívio, temo-lo encontrado sempre! A última aventura foi no NOS em D'Bandada: quando vínhamos embora, sob uma ameaça de chuva eminente, olho para o Miguel e reparo que falta o Ó-ó. Momentos de pânico! O Ricardo foi a correr fazer o percurso que tínhamos feito até ali e, para nosso alívio, encontrou-o (também ele em pânico, como podem constatar na foto...)!

Há dias, numa pesquisa casual na Amazon, encontrei isto. E a dúvida é: vale a pena comprar um novo? Será que o Miguel vai adotá-lo como o Ó-ó dele, ou vai ser mais um, para fazer companhia ao ouriço, à vaca, ao ratinho, ao ursinho branco, ao Simba, ...? Será que vai continuar a querer o Ó-ó quando deixar a chupeta?

Estou indecisa, confesso!

Comentários

Ana Branco disse…
Compra...

Playgroup de Gaia | Dia dos Avós

Posts mais lidos