A Primeira Papa

Ontem foi dia de iniciar a papa do Rodrigo... e houve muita choradeira (e não, não fui eu a lamentar-me por o meu bebé pequenino estar a crescer depressa demais; apesar de também o ter feito, mas foi mais um constatar emocionado): sempre que a boca estava sem a colher, ele chorarava ofendidíssimo...

A dada altura estava o Ricardo e eu, cada um com uma colher, a dar-lhe a papa... Aparentemente, sai ao Papá (antes assim do que como a Mamã, que era um desespero para comer!).

Hoje decidimos dar-lhe a papa mais cedo e antes de ele ter fome. Correu muito melhor! O desespero por ter sempre a colher na boca não era tão grande e uma colher só chegou ;)

Ainda é muito trapalhão e acabamos os dois cobertos de papa. Ele quer pôr a mão na papa e na colher, por isso fica com a mãozinha toda suja. Daí a sujar-me a mim é um instante...

Mas realmente o tempo passa demasiado rápido! Já não sou só eu a alimentar o meu bebé :(
Já há algum tempo que ele segue toda a comida que pomos na nossa boca. Agora teve finalmente direito a uma colher para ele!

Esta fase é, simultaneamente, engraçada e triste! Engraçada, porque é muito divertido vê-los a descobrir novos sabores e ver a reação deles à colher, à papa e, na próxima semana, à sopa e à fruta. Triste, porque é sinal que ele está a crescer e não tarda está a fazer como o irmão e a recusar a mama...

Também significa que a minha licença está a terminar e que daqui a menos de 2 semanas vou regressar ao trabalho e deixar de os ter sempre debaixo da asa!

Como eu queria carregar no "pause", e poder gozar bem o tempo que tenho com os meus tesouros, antes de ter que entrar na rotina!

Comentários

Ana Bela disse…
Como eu te entendo, minha filha.

Posts mais lidos