Kit de Recuperação

Os dias a seguir ao super susto que o Rodrigo me pregou não têm sido,  propriamente, relaxantes...

Faz hoje uma semana. E que semana! Nos dois dias a seguir andei meio anestesiada, sem grande reação. Depois fui abaixo, apavorada e sempre de lágrima no olho. Ainda estou um bocado assim, mas agora o importante é conseguir recuperar a energia e aprender a viver com o que aconteceu, sem estar sempre a pensar no assunto!
Não há dúvida nenhuma que "é mais fácil falar que fazer".

Mas com dois bebés pequenos para tomar conta, é preciso reagir!
Um passo importante foi ir ao pediatra. Queria saber se havia alguma forma de reduzir o risco de voltar a acontecer. E ainda bem que lá fui. Ele diz que muitas vezes o estômago dos bebés não está ainda maduro o suficiente, fazendo com que os bebés tenham azia e bolsem muito. Normalmente até aos 3 ou 4 meses isso resolve-se!  

A sugestão dele é espessar o leite. Como estou a amamentar, isso significa tirar leite e acrescentar o espessante para lhe dar, no biberão. Para quem, como eu, gosta de amamentar, não é fácil de digerir. Mas é o que tem de ser!

Então lá ando eu, de máquina atrás (aluguei uma elétrica muito fixe), qual Mimosa, a tirar leite. Como ele ainda mama 7 ou 8 vezes por dia, não tem sido fácil. Mas havemos de entrar no ritmo!

Outra sugestão foi levantar a cabeceira do berço. De tal forma que tem que dormir preso, com um lençol a fazer de baloiço...
Lá se acabaram as noites na cama dos Pais...

Em conversa com uma amiga, também recém Mamã, ela deu-me uma sugestão para acabar com o pânico do carro: um espelho apontado para ele, de forma a que eu o veja no retrovisor. Ainda não experimentei, mas já o tenho :)
(Obrigada Liliana)

É que andar de carro sem o ver é uma tortura. E andar com ele à frente (que eu também tentei) é muito stressante e tenho que fazer um esforço enorme para me concentrar na estrada e não nele!

E espero que tudo isto resulte! E que quando puder dar de mamar outra vez, ele ainda queira a mama! 

E, obviamente, que nunca, nunca, nunca mais se repita!

Comentários

Playgroup de Gaia | Dia dos Avós

Posts mais lidos