Dois Meses de Ru Ru

Parece um cliché dizer isto, mas se há coisas na Natureza que me deslumbram, a nossa capacidade de gerar uma vida é, sem dúvida, uma delas!

E, se já a gravidez passa num abrir e fechar de olhos (apesar de durante as últimas semanas o tempo parecer que entra em "slow motion"), quando os temos finalmente nos braços parece que os dias deixam de ter 24 horas, para passar a ter 12...

E, de repente, o Rodrigo já tem dois meses! ♡♡

Já deixou de ser um recém nascido que só come e dorme, para se estar a transformar num bebé simpático e risonho, extremamente mimalhinho, que adora estar no colinho e "conversar" connosco :)

Mal ele nasceu, e o puseram no meu colo, eu lembrei-me porquê que eu gosto tanto desta fase: a descoberta do que ele gosta; saber que o som da minha voz o acalma; poder cobri-lo de beijos, sem ele conseguir escapar; o cheirinho a leite (eu adoro este cheiro!); o primeiro sorriso; o primeiro esticar de braços, o primeiro "Mamã"; e todas as primeiras vezes que estão por vir!

Não há dúvida que é uma fase que exige muito da Mãe, porque eles são absolutamente dependentes, mas a forma como eles olham para nós é indescritível!

Nestes dois meses já aprendi tanto! Sobre mim, sobre o Ricardo, sobre o Miguel e, claro, sobre o Rodrigo ♡♡♡♡!

Sobre mim, aprendi que consigo fazer ainda mais tarefas em multitasking do que eu imaginava! Aprendi que os Filhos são todos diferentes, desde o dia que nascem. Aprendi que os conseguimos amar incondicionalmente e igualmente. Aprendi que é normal reagir de forma diferente ao primeiro e ao segundo Filho, sem que isso esteja relacionado com quanto se gosta deles. Aprendi a lidar melhor com as minhas preocupações com o bem estar deles...

Sobre o Ricardo, aprendi que ele consegue tomar conta do Miguel se eu não estiver em casa ;) (na realidade eu já sabia isso, mas nós gostamos sempre de achar que somos insubstituíveis...). Aprendi que tudo o que me fez saber que era com ele que eu queria ter uma Família estava certo e que ele é o melhor Pai que os meus Filhos podem ter!...

Sobre o Miguel, aprendi que ele é um Irmão amoroso, meigo e atencioso. Aprendi que ele se consegue adaptar lindamente a novas situações (até agora tem superado largamente as nossas expectativas em relação à chegada do Irmãozinho, sem o terrível sofrimento que nós temíamos!)...

Sobre o Rodrigo, aprendi que ele é único, até nas parecenças com o Irmão. Aprendi que ele completa a nossa Família e que todos nós o adoramos cada dia mais. Aprendi que ele gosta de dormir aninhado no nosso colo e com a cara tapada. Aprendi que quando está deitado, sozinho, antes de começar a chorar, ele chama por nós, avisa-nos que quer atenção. Aprendi que antes de adormecer ele chora um bocadinho e abana os braços para espantar o sono...

E sei que isto é apenas o começo! Que ainda temos muito que aprender uns com os outros. Que nem sempre é um mar de rosas. Mas que vale sempre a pena!

Basta eles sorrirem para nós e todas as dificuldades desaparecem e os dias se tornam imediatamente memoráveis ♡♡♡♡!

Comentários

Playgroup de Gaia | Dia dos Avós

Posts mais lidos