10 Dias de Rodrigo

Os primeiros dias do primeiro filho são mesmo muito diferentes dos primeiros dias do segundo!

E não tem nada a ver com a intensidade do que se sente ou a magia e deslumbramento. Isso está lá tudo! 
O som do primeiro choro é emocionante: é a certeza que ele está a respirar, pronto para conhecer o Mundo! Quando o puseram nos meus braços, para ele sentir a Mamã dele e eu poder dar-lhe os primeiros beijos, cheirá-lo, tocar-lhe... senti um Amor, uma Paz, que só tinha sentido dois anos antes, quando nasceu o Irmão! Quando o trouxeram para mamar e ele pegou bem no peito e ficou ali, aninhado no meu colo, juntinho a mim a Felicidade tomou conta de mim ♡!

A grande diferença é que da segunda vez se consegue desfrutar muito mais de todos estes momentos, porque os medos e inseguranças são muito menores.

Eu já sei que consigo cuidar de um bebé tão pequenino e dependente de mim para tudo.
Eu já sei mudar-lhe a fralda, dar-lhe banho, vesti-lo. 
Eu já sei que vou distinguir os seus choros. 
Eu já sei que vou saber estimulá-lo para ele desenvolver como deve.
Enfim, eu já sei que consigo ser Mãe ;)

Por isso, desta vez, quando chegámos a casa, a Felicidade de estar com os meus dois Filhos e com o meu Marido era o único sentimento que tinha. Sem medos, sem inseguranças!

Isso não significa que tenha sempre a certeza que está tudo bem, ou que não me pergunte se o leite que lhe dou é suficiente (para já, esta dúvida está esclarecida: fomos ao pediatra e 8 dias depois de nascer o Rodrigo já pesa mais 180 gr) ou que não verifique se ele está a respirar ;)
Significa sim que estou mais tranquila, mais confiante! 

Desta vez, há a questão de como se vão dar o Miguel e o Rodrigo e o que podemos fazer para facilitar essa adaptação. Para já está a correr muito bem! O Miguel é muito meigo com o Ru Ru, acha que ele é fofinho, dá-lhe beijinhos, faz-lhe festinhas muito devagarinho e gosta de ajudar no banho do Mano: ajuda o Papá a ver se a água está boa e lava-lhe os pezinhos ♡!

Mas o verdadeiro desafio só vai começar na quinta-feira, quando o Ricardo regressar ao trabalho e eu ficar sozinha com os dois...

Comentários

Playgroup de Gaia | Dia dos Avós

Posts mais lidos