Caminhando pelo Mundo

O Miguel já anda! :)



É um momento emocionante, verificar que o meu Bebé já começa a conquistar a sua independência. Mas, ao mesmo tempo, é tão assustador vê-lo a cambalear (e mesmo a cair, algumas vezes) e tentar controlar-me para não ir logo dar-lhe a mão! Encontrar um equilíbrio entre o deixá-lo andar (e descobrir, por tentativa e erro, como funciona o caminhar) e o amparar-lhe a queda para ele não se magoar, tem sido complicadíssimo!


Mais uma vez, a luta constante entre o racionalmente sei que devo fazer e o que instintivamente faço: eu sei que cair faz parte do processo de aprendizagem, mas instintivamente tento evitar que ele caia e corro para ele sempre que ele se desequilibra. Acho que o processo de aprendizagem é para os dois: quando ele cai, vai aprendendo que não pode fazer aquilo nas vezes seguintes e eu aprendo que ele não é de vidro ;)


Em minha defesa, ele adora caminhar perto de móveis e esquinas, por isso até pode magoar-se. Mas para ser 100% sincera, mesmo que ele estivesse a andar num sítio totalmente acolchoado eu ia ter vontade de correr para ele...


Lá vou fazendo exercícios de respiração e tentando deixá-lo andar à vontade. Mas é tão difícil!

Comentários

Posts mais lidos