Pequeno Vampiro

Hoje o Miguel bebeu o primeiro biberon de leite. E, ainda por cima, artificial :-(

Há uns dias ele esteve constipado. Com o nariz entupido não queria mamar. Para demonstrar o quanto não queria achou que devia utilizar 4 argumentos de peso: 2 em cima e 2 em baixo...

Agora já está bom, mas continua com a mania de morder... Eu já tentei de tudo! Desde logo o óbvio "NÃO", que ele ignora e ainda faz um sorriso malandro. Depois é claro que fica sem a mama, porque me magoa e nunca tento mais de duas vezes ("à primeira toda a gente cai; à segunda cai quem quer; à terceira só cai quem é burro"). Já tentei com os bicos de silicone, mas ele ainda morde com mais força. E eu não consigo tirar leite com a bomba (falta de jeito, pouco leite, ou ambas...).

À noite consigo resolver o problema: adormeço-o e depois dou-lhe de mamar. A dormir ele mama muito bem, com muita vontade e sem morder. O problema é que não consigo fazer isso de manhã: mal lhe toco para pegar nele ao colo, ele acorda e é dentada na certa. Por isso o pediatra sugeriu, para de manhã, o leite em pó :-(

Então hoje experimentou o primeiro biberon de leite. E correu muito bem! Bebeu bastante, sem se engasgar nem fazer cara feia.
Já eu, não achei tanta graça à mudança... Mais uma, a relembrar que ele está a ficar crescido!

Além de preferir claramente a amamentação, por todos os benefício que traz ao bebé, é tão mais prático, sem necessidade de esterilizar água e biberons, nem misturar nada, nem agitar bem, não esquecendo de verificar se a água está à temperatura certa...

Comentários

Playgroup de Gaia | Cozinha de Lama

Posts mais lidos